7up7down

Fernando Diniz foi demitido do cargo de técnico da seleção brasileira nesta sexta-feira, 5 de janeiro. A decisão foi tomada pelo presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, reconduzido ao comando da entidade na quinta-feira, 4.

Diniz comandou a seleção por apenas seis jogos, com um aproveitamento de 44,4%. Foram duas vitórias, um empate e três derrotas. O treinador não conseguiu implantar seu estilo de jogo na equipe e enfrentou críticas da torcida e da imprensa.

CBF ⏐ Divulgação

A demissão de Diniz foi comunicada por Ednaldo Rodrigues ao presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, clube que cedeu o técnico para a seleção. Bittencourt repassou o aviso ao treinador, que ainda não se pronunciou sobre o assunto.

A CBF ainda não anunciou o substituto de Diniz no comando da seleção, que tem pela frente as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026.