7up7down

A Polícia Federal desencadeou, nesta quinta-feira, 23, a Operação Harpia, sob responsabilidade da Coordenação de Repressão a Crimes Cibernéticos Relacionados ao Abuso Sexual Infantojuvenil. A ação resultou na execução de dois mandados de busca e apreensão nas cidades de Aracaju e Nossa Senhora do Socorro, além de uma prisão em flagrante.

A ofensiva, que se estende por 24 estados e no Distrito Federal, visa combater crimes virtuais associados ao abuso sexual de crianças e adolescentes.

Foi realizada a análise de notícias de crimes relacionadas ao abuso sexual infantojuvenil on-line. Foram produzidos os relatórios de análise para que as unidades regionais da PF dessem prosseguimento às investigações, com o cumprimento das medidas cautelares no âmbito de uma operação em todo o Brasil.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Até o momento, foram 80 mandados de busca e apreensão (MBAs), 32 flagrantes e 5 Prisões Preventivas, em todo país.

Em tese, os investigados responderão pelos crimes de armazenamento, compartilhamento e produção de material de abuso sexual infantil e estupro de vulnerável.

A Harpia é uma espécie de ave de rapina que tem os olhos sempre atentos e é exímia caçadora, relacionando-se com o objetivo da operação.


Com informações da Polícia Federal.