7up7down

A Justiça decidiu que cinco pessoas terão condução coercitiva (na tora) para a CPI instalada na Câmara Municipal de Barra dos Coqueiros.

As pessoas e os cargos: Jadson Santos de Jesus, secretário-adjunto de Meio Ambiente, Victor Rafael Nunes Costa, da Secretaria de Comunicação, Idalício dos Santos Neto e José Carlos Monteiro, proprietários da Ocean Barra, e Ricardo Goes Monteiro, filho de um dos proprietários.

A decisão é da juíza Heloísa de Oliveira Castro.

Plenário da Câmara Municipal de Barra dos Coqueiros|Divulgação

As pessoas devem ser levadas para a CPI da seguinte maneira: oficial de justiça com auxílio da Polícia Militar.

Elas devem depor nesta sexta-feira a partir das 9hs da manhã.

A Comissão Parlamentar de Inquérito investiga supostas fraudes financeiras relacionadas a vendas ilegais de licenças ambientais no município.