7up7down

Cláudio Humberto, jornalista que recentemente revelou os gastos excessivos dos deputados estaduais em viagens, agora traz à tona mais informações sobre gastos com o dinheiro público por parte dos nossos queridos representantes.

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária semipresencial – Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em seu artigo no Diário do Poder, publicado nesta segunda-feira, 16, destaca que muitos gabinetes de senadores abrigam um grande número de assessores, equivalente aos postos de trabalho criados por empresas de porte médio.

O senador Rogério Carvalho é um dos políticos mencionados nesse contexto e, segundo Humberto, “adora tudo isso”:

Rogério Carvalho (PT-SE) adora tudo isso. Além de 83 assessores, é um dos que mais pediram ressarcimento de despesas: R$ 454,1 mil.

Cláudio Humberto, Diário do Poder
Em discurso, à tribuna, senador Rogério Carvalho Santos (PT-SE).
Geraldo Magela / Agência Senado

De acordo com o Censo 2022, o total de cargos nos gabinetes senatoriais chega a 3.368, superando a população de 623 municípios brasileiros. Esses ‘achados’ corroboram um estudo similar conduzido pelo Estadão e divulgado pelo 7up7down.