Agência Brasil

A três rodadas do término do Campeonato Brasileiro, o Botafogo sofreu um empate doloroso em casa (1 a 1) contra o Santos neste domingo (26) . O time carioca vencia por 1 a 0, com gol Danilo Barbosa, quando aos 44 minutos do segundo tempo viu Messias empatar para o Peixe no Estádio Nilton Santos. O Alvinegro, que liderou boa parte da competição, amargou o oitavo jogo sem vencer. Ocupa provisoriamente a vice-liderança, com 62 pontos – mesmo total do Palmeiras em primeiro lugar – mas pode terminar a 35ª rodada em terceiro. Já o Santos se distanciou um pouco mais da zona de rebaixamento. Ocupa provisoriamente o 14º lugar na tabela, com 43 pontos, um a mais que o Vasco (15º). 

O Botafogo controlou a primeira etapa da partida desde o início. Logo aos 10 minutos, em cobrança de falta, Eduardo chutou direto para Danilo abrir o placar de cabeça. Dez minutos depois, o time carioca quase ampliou após lançamento de Tchê Tchê para Júnior Santos dentro da área. O atacante se livrou da marcação e chutou forte, a bola desviou no zagueiro Messias e passou rente ao gol de João Paulo. A primeira boa chance de o Santos empatar foi aos 37 minutos, com Gabriel Pires disparando uma bomba de fora da área, que Perri defendeu com categoria. 

Na volta do intervalo, o Santos começou pressionando e quase deixou tudo igual aos nove minutos, um bate-rebate dentro da área, que começou após chute de Marcos Leonardo. A bola sobrou para Lucas Lima chutar uma bola perigosa, que ainda desviou antes da defesa ímpar do goleiro Perri.  De todo modo, o lance invalidado por impedimento, mas Perri foi ovacionado pela torcida botafoguense.

Os donos da casa enfileiraram oportunidades para aumentar o placar. A primeira delas aos 14 minutos, em cabeçada de Júnior Santos, desviada por Messias em cima da linha. Depois, aos 30, Janderson recebe cruzamento de Tchê Tchê e cabeceia rente à trave. Aos 41 minutos, Danilo Barbosa quase marca o segundo dele na partida, ao se livrar da marcação e disparar uma bomba, defendida pelo goleiro João Paulo. Quando tudo parecia definido, o Santos empatou aos 44 minutos: Soltedo cobra uma falta curta, dispara para o lado esquerdo, se livra da marcação de Segovinha e cruza para Messias deixar tudo igual: 1 a 1.

Atlético-MG vence e briga pelo título

O domingo foi ótimo para o Galo que fez 3 a 0 no Grêmio, em Belo Horizonte, chegou ao 60 pontos – provisoriamente é o terceiro colocado – e agora também sonha com o título deste ano. Guilherme Arana, Zaracho e Hulk balançaram a rede na Arena MRV. 

Com a derrota, o Grêmio comandado pelo técnico Renato Portaluppi saiu do G4,  e segue com 59 pontos. No entanto, até o fim da rodada, as primeira posições na tabela podem mudar novamente.