7up7down

Na manhã desta terça-feira, 28, um casal de Sergipanos residente em Maceió foi alvo da 6ª fase da ‘Operação 404’ da Polícia Civil (Dinpol). A ação visa combater sites e aplicativos piratas que comercializam assinaturas e acesso ilegal ao Campeonato Inglês (Premier League).

MJSP|Divulgação

A polícia realizou busca e apreensão no apartamento do casal, localizado no bairro da Ponta Verde, na orla de Maceió. Apesar de o marido, de 31 anos, não estar presente no momento da ação, sua esposa, filhas e a babá estavam no local. A esposa informou que o marido estava em Aracaju.

Os investigadores revelaram que o casal de Sergipe reside na capital alagoana há alguns meses.

A Polícia Civil cumpriu, em 11 estados (AL, BA, ES, GO, MG, MT, PA, PE, RJ, RS e SP), 30 mandados de busca e apreensão, removeu 266 sites no Brasil e excluiu 15 perfis em redes sociais por atraírem consumidores para conteúdos ilegais.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Policiais da Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit) também participam da ação.

As ações acontecem também fora do país: no Reino Unido são 53 mandados e, nos Estados Unidos, seis.

Operação 404

A Operação 404 iniciou em 2019 e chega na quarta edição. O nome faz referência ao código de resposta do protocolo HTTP para indicar que a página não foi encontrada ou está indisponível. Essa é uma das principais ações da operação: tornar indisponíveis os serviços criminosos que violam os direitos autorais das vítimas.